fechar

POLÍTICA REGIONAL


Análise da indústria brasileira sob o aspecto regional, abordando aspectos como o desempenho industrial em estados, municípios e iniciativas governamentais de cunho regional.

Inovação via interação - setorial e regional

Neste artigo procuro atender a solicitações de dois leitores. Um deles pediu a inclusão do tema “inovação” na minha pauta e outro para indicar como as empresas poderiam criar novas oportunidades, dada a perspectiva de exportações fracas, já traçadas para o ano de 2013.

A inovação e os desenvolvimentos regional e industrial são temas intimamente relacionados. O crescimento de muitas empresas, principalmente aquelas de portes pequeno e médio, está condicionado ao desenvolvimento socioeconômico das regiões onde estão estabelecidas.

Leia mais...

Aviso aos governantes

A reduzidíssima taxa de desocupação da população brasileira, de 5,7% em novembro, anunciada pelo IBGE, oferece uma falsa sensação de conforto e de prosperidade e mascara o grave problema do baixo nível absoluto de produtividade do trabalho no Brasil. O nosso país está posicionado no 66º lugar do ranking mundial de produtividade do trabalho, medido em valor adicionado nominal por trabalhador e convertido à  paridade de poder de compra da moeda local, de acordo com os cálculos do The Japan Productivity Center (JPC). O nosso trabalhador do setor de manufatura, por exemplo, contribuiu com US$20 mil dólares em valor adicionado em 2007. A média da OCDE nesse ano foi de US$ 66 mil e dos EUA, de US$102 mil.

Leia mais...

A importância da indústria para os Estados

A participação do conjunto composto pela soma das indústrias (extrativa mineral, de transformação, construção civil e de produção e distribuição de eletricidade, gás, água e esgoto e limpeza urbana) no valor adicionado interno bruto total, tem se mantido em torno de 27,2% desde 1995, sem grandes desvios, segundo as Contas Nacionais do IBGE.

Leia mais...

A Ação do Governo Federal com relação aos Arranjos Produtivos Locais

Este artigo trata de um assunto de particular interesse dos empresários e suas entidades de classe, pois se trata de um programa governamental ainda relativamente novo e desconhecido da maioria. É um programa custeado pelo governo e entendemos que os empresários e suas entidades precisam tomar conhecimento dele e eventualmente se mobilizarem no sentido de serem alcançados por esse programa.

Leia mais...

feed-image RSS feed-image ATOM